Advogada Perdeu 24 Quilos Com Dieta Correta E Exercícios

Sucos Para Perder Barriga E Queimar A Gordura Abdominal


Se você foi alguém antenada na legal forma no decorrer dos últimos anos, provavelmente já tem que ter ouvido comentar das dietas sem glúten, que prometem secar o corpo humano de forma acelerada. O glúten está presente no trigo, cevada, aveia e centeio. Um best-seller desde teu lançamento, o livro “Barriga de Trigo”, do cardiologista americano William Davis, propõe a abolição total do trigo do cardápio, e também reduzir bem como vários outros alimentos da dieta, essencialmente os carboidratos.


E como dá certo a dieta da barriga de trigo? É só apagar o trigo do meu cardápio e pronto, perderei todos aqueles quilos indesejados? Qual é o cardápio? Vamos responder todas tuas questões de imediato! Por que o glúten tornou-se um vilão das dietas? A princípio, vamos começar dizendo o que é o glúten e quais seus efeitos no organismo.


Gordura Nas Axilas: Exercícios Que Combatem

O glúten é uma proteína que podes ser encontrada no trigo e que apresenta ao pão aquela característica de leveza e maciez (pense em um pão fofinho). Duas proteínas se reunem pra formar o glúten: a gliadina e a glutenina. Farinha de Mandioca Engorda ou Emagrece? O defeito, segundo William Davis, é que o nosso corpo não consegue juntar o glúten, o que poderá transportar a uma série de complicações, entre elas distensão abdominal, gases e uma impressão de desconforto.


E exatamente por não ser absorvido, o glúten poderá causar a inflamação da parede do intestino, porque o nosso corpo humano vê o glúten como um invasor e passa a atacá-lo, tornando no método inflamatório. No decorrer do tempo, essa inflamação impedirá a absorção de certos nutrientes na parede intestinal, o que poderá conduzir a uma deficiência nutricional. E para que pessoas quer perder peso, a inflamação é uma vasto inimiga, que afeta o sistema hormonal (mexendo com o controle do apetite) e pode promover a retenção de líquidos.


  • 15% de proteínas
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador em velocidade média
  • 4 copos de 200 ml de água
  • 7- Reduza a gordura devagar
  • Sal light
  • Jantar: frango grelhado + legumes refogados em óleo de coco
  • 6 Exercícios - três P/ Coxas e 3 P/ Bumbum
  • Água de coco (2 copos/400 ml, vinte e cinco notas)

Outra teoria recente reconhece que a gliadina presente no trigo de hoje é responsável pelo um aumento no apetite. Ela atuaria no cérebro de forma a acrescentar a comoção de fome, estimulando um consumo maior de calorias (o autor do livro “Barriga de Trigo” fala em 440 calorias a mais por dia!).


O trigo é um dos cereais mais antigos e mais utilizados na nossa civilização. O problema é que o trigo que utilizamos hoje em dia não lembra em nada o trigo que nossos ancestrais usavam. A multiplicidade mais cultivada no mundo hoje é a de trigo anão, que foi modificada por pesquisadores nos anos sessenta (pra acrescentar a produtividade).


→ DIETA Pra SECAR (e Permanecer Com A Barriga Chapada)

Essas mudanças fizeram com que o trigo que encontramos hoje no hipermercado contenha bem mais glúten que o trigo original (cientistas falam em 10 vezes mais glúten). E, além disso, de ingrediente complementar, o trigo passou a ser um dos principais alimentos da nossa dieta ocidental moderna. E quais os privilégios de diminuir o trigo da minha dieta?


Segundo o livro Barriga de Trigo, literalmente dezenas de dificuldades de saúde são capazes de ser evitados retirando o trigo da alimentação. Na realidade, o autor do livro fala até em avanço de umas doenças depois da retirada do glúten da dieta. Outros privilégios incluiriam a prevenção do câncer de intestino, Mal de Alzheimer, Esquizofrenia, asma- e até mesmo autismo. Apesar de o glúten seja nos dias de hoje o assunto de algumas pesquisas, ainda não é possível notabilizar cientificamente alguns dos benefícios acima. Entre os efeitos secundários desta dieta, podemos nomear a baixa presença de carboidratos, o que poderá levar a sintomas de fraqueza, dores de cabeça e constipação intestinal.




Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *